maio 09, 2018

O prometido é devido

O Acordo com o Irão foi um enorme embuste para os americanos, europeus e sobretudo uma enorme ameaça à paz. O acordo colocou nas mãos do Irão os recursos materiais e financeiros para prosseguir o desenvolvimento de armas nucleares. Obama e Kerry pagaram à custa do contribuinte americano, tal como o moribundo império romano fazia, por um adiamento das ambições iranianas.

Os sinais de desprezo do Irão pelas cedências americanas -aliás um modo de vida da ideologia islâmica perante quem cede- eram imensas: infiltração no continente americano (Venezuela, Argentina e Brasil), desenvolvimento de mísseis de largo alcance, desenvolvimento de drones de ataque, ocupação e intervenção militar na Síria, no Líbano e no Iémen, ameaças continuadas de ódio aos EUA, ameaças de aniquilação de Israel (um minúsculo território num mundo islâmico), envolvimento em redes de tráfico de droga (cuja investigação foi bloqueada por Obama), repressão do próprio povo iraniano,  e mais ... muito mais mostrado pela informação recolhida pela Mossad.

Haver ou não haver acordo a única diferença era que, no segundo caso, as condições eram mais favoráveis ao Irão.

Trump atreve-se a assumir a verdade ... e por mais que os deploráveis e largamente burros Kerry e Obama guinchem e estrebuchem  Trump fez o que se impunha.

Obama, Kerry e a víbora deveriam ser julgados por alta-traição: poderá acontecer um dia se houver Justiça.

5 comentários:

Afonso de Portugal disse...

Já só falta o muro! E ainda nem chegámos a metade do mandato! :)

João José Horta Nobre disse...

«Obama e Kerry pagaram à custa do contribuinte americano, tal como o moribundo império romano fazia, por um adiamento das ambições iranianas.»

Isso é mentira. Os 150 biliões de dólares que a propaganda sionista diz que Obama "deu" ao Irão, eram na realidade dinheiro iraniano que havia sido previamente congelado e confiscado pelos ianques aquando da aplicação de sanções ao Irão. O contribunte americano não pagou nada aos iranianos, bem pelo contrário, limitou-se a devolver o dinheiro que era por direito dos mesmos:

https://davidduke.com/dr-duke-mark-collett-of-uk-expose-zio-big-lie-of-150-billion-gift-to-iran-pervy-dershowitz-helps-pervy-weinstein/

Chico disse...


O Obama não pode ser julgado por alta traição.

Lura do Grilo disse...

"O contribunte americano não pagou nada aos iranianos, bem pelo contrário, " Olhe que não .. só em resgates de americanos foram 500 milhões. Parte do dinheiro não é de petróleo .... é de tráfico de droga por colaboração com o narco-regime de Maduro: o Irão apoia e a Hezbolath executa e Obama fecha os olhos.

Chico disse...


O Obama não fechou os olhos, ele aprovou expressa e tacitamente toda esta situação.