novembro 27, 2017

O governo da trapalhada

Todos os dias uma ou mais trapalhadas; todos os dias a praticar ilusionismo, todos os dias a vender anúncios, todos os dias uma confusão, todos os dias um show deprimente, todos os dias a gozar o pagode. Ao fim de dois anos isto está como nasceu: um embuste monumental que vamos pagar com língua de palmo.

1 comentário:

Ricardo Amaral disse...

E pior ainda,as muletas marxistas(mais ou menos ortodoxas)deste des-governo são adeptos do "quanto pior melhor" e ainda sonham com o fim do actual regime para implementarem o(ainda)sonhado "paraíso comunista" totalitário.