março 08, 2016

A maior traição à Europa

A Turquia é o exemplo acabado de um estado a derivar para o totalitário. Erdogan, que cita e imita frequentemente Hitler, já conseguiu:
  • Tomar o poder judicial
  • Dominar as chefias do Exército
  • Perseguir caricaturistas e opositores
  • Destituir directores de jornais
  • Reprimir arbitrariamente manifestações
  • Esmagar e assassinar os curdos
  • Financiar o Estado Islâmico efectuando trocas comerciais volumosas que financiam os psicopatas maometanos.
Image result for golumAgora Erdogan acha que a Europa, escorraçada de África para os países africanos seguirem o seu destino e explorarem as suas riquezas, tem que receber os milhões de pessoas vítimas de utopias esquerdistas ou do nazismo-islâmico como as do ISIS que o próprio Erdogan acarinha.

O Erdogan, um descendente directo dos otomanos que realizaram um dos maiores genocídios  de que há memória (sobre milhões de arménios que viviam nas suas terras expulsando os que sobreviveram) acha-se no direito de enviar milhões de muçulmanos para território europeu ou, no mínimo, fazer chantagem, ameaçar ou realizar extorsão sobre os povos europeus. Já não lhe basta a ocupação brutal e mortífera que levaram a cabo sobre os povos da península ibérica que foram praticamente exterminados.

Malditos sejam os dirigentes europeus que aceitaram as exigências deste criminoso.

3 comentários:

Oliveira da Figueira disse...

E nessas cimeiras ninguém faz a pergunta que se impõe: porque é que os países árabes não recebem nem um alegado refugiado? Aqui na Europa, há gente a suicidar-se por não ter o que comer, enquanto as Arábias chafurdam em petrodólares. Mas não recebem ninguém, mandam-nos para cá, como parte do plano de reconquista islâmica.

Afonso de Portugal disse...

Na mouche!

Nero Scott disse...

SIM;Malditos sejam os dirigentes europeus que aceitaram as exigências deste criminoso. Diversos; não poucos, são a ignóbil e verdadeira traição para com toda uma Europa...por conseguinte, será de esperar que se faça a normal justiça entre os povos europeus... e, esses patifes satanicos, traidores a uma natura e própria natureza, sejam pois julgados por.. "alta traição" contra todo o Continente Europeu e, contra o sangue que será derramado, que correrá certamente nas ruas... sangue esse, de pessoas simples que confiaram e depositaram a melhor confiança no sistema politico da UE.