abril 13, 2016

Mais vale em Guantanamo que no Uruguay

O ex-presidente Mujica, um BE-Podemos muito pop que esteve na moda no Uruguay, tinha uma alma grande tão grande que era maior que as outras todas, como a esquerda reinvindica.


4 comentários:

Anónimo disse...

Extraordinário como estes aluados das utopias de esquerda importam problemas graves para as suas nações e para as gerações vindouras.
mas, enquanto gozarem de total impunidade e branqueamento pela imprensa corrupta, o festival vai continuar.
Por cá ninguém faz contas ao que as próximas décadas vão trazer após estas políticas de portas abertas ao negros. A velocidade a que se reproduzem augura um pesadelo para a segunda metade deste século.
Mesmo os pseudo direitistas pelam-se de medo de debater estas questões.
Á escumalha abrileira não vai deixar nada de pé.

Oliveira da Figueira disse...

E este homem continua com a sua aura de santo, porque anda de Volkswagen carocha (como o nosso traquinas João "Bofetadas" Soares) e manda uns bitaites populistas ao estilo Leonard Boff.

Ele "preocupa-se" com os pobres - é o argumento dos seus admiradores. E faz o possível por os deixar pobres a todos.

OdF

Lura do Grilo disse...

Mas este tonto ao menos percebeu a asneira.

Oliveira da Figueira disse...

É verdade. Coisa rara no sector político a que ele pertence.