junho 01, 2009

Campanha Dia a Dia

Na Rua:

O Sócrates aparece de braços caídos a dizer que não podemos baixar os braços contra a crise. Não sei se era campanha de Europeias se a do costume. Distrai-me com o arroz ao lume.

Pois agora .... alto, alto, pára imediatamente, imediatamennnnte. Desculpem ... já volto. Pronto resolvido .... foi o vigarista do cão a surripiar o saco da ração por um ligeiro atraso na dose. Vai de castigo assistir amanhã à Campanha televisiva do Partido Humanista para aprender maneiras e fazer a paz no Mundo.

Bolas ... perdi a campanha do PS e do PSD. Estou desolado.

O BE foi às minas e ralhou contra a radiação, o ácido sulfúrico e as águas contaminadas. Não desceu às minas devido a claustrofobia. Lamentou (como eu lamento) a morte de quem lá trabalhou devido a causas não naturais. Lamenta no entanto não haver mais gente a trabalhar nas mesmas. A coisa acaba com fados em Coimbra, essa vil arte do "Fássismo", e umas cervejas frescas que a noite vai propícia.

A CDU acabou arreliada por não aumentos a mulheres sindicalistas e não explicou o salário mínimo que sempre pagaram a um trabalhador na Sede em Lisboa. Visitou um lagar e concorda que tudo vai mal. Diz que ela é que sabe fazer tudo muito bem sem espremer os trabalhadores.

Portas chegou para visitar uma fábrica de madeiras e não foi de submarino. Deu uma ajuda a Nuno Melo. Logo à entrada o patrão desancou-os por chegarem tarde. Portas portou-se muito mal deixando-se ficar para trás a cumprimentar os trabalhadores e diminuindo a produtividade. O patrão recomendou-lhes outra profissão e elogiou a garbosa figura de Nuno Melo.

Caro patrão faz favor não feches a empresa nem ponhas ninguém na rua pois o trabalhador é a maior riqueza de uma empresa. Se falta marido a alguma filha -espero que seja isso- ligas o serviço par4 onde homens lindos estão à escuta. Nuno Melo já é comprometido.

Nos cartazes
As figuras anteriormente solitárias de candidatos tristes foram substituídas por enormes famílias sorridentes de candidatos a Bruxelas e alguns quase caem do cartaz para se estatelar aos pés de nós os Europeus.
A juventude socialista está em grande: em direitos não há ninguém que os bata. Elegeram o TGV como um direito. Falta o PSD exigir o Louvre.

Na TV
Já há cheques dentista para meninos sempre a sorrir: nada de falhas , nem dentes de leite pretos nem "fabolas".
As mães e os pais andam tão felizes com a licença parental que até disputam a benesse de meter a chupeta no miúdo que dorme no quarto ao lado. Pais inexperientes: o miúdo dorme no berço do lado da mãe e o pai é que se levanta sempre de noite e dá a volta à cama.

2 comentários:

Margarida Pereira disse...

Óptimo!
Veia humorística de estalo!
Mas...
...o Nuno Melo é comprometido?!?!?
Ai!
O desgosto desta campanha..., revelações destas, sem anestesia, são devastadoras...

Anónimo disse...

O Nuno Melo ainda anda com a Catarina Flores?
Fogo!!!! nunca pensei que a relação com a santanete durasse tanto tempo!!!!!!!!!