abril 30, 2011

Impagável

Uma entrevista que, a não ser fingida ou mesmo sendo, é absolutamente hilariante. 

3 comentários:

João Afonso Machado disse...

Encontro uma explicação simples: o negócio da droga também é proibido e eles praticam-no. Com as armas seria assim, com o monopólio estabelecido a favor desses ilustres.

Lura do Grilo disse...

Ele de facto quer continuar com as armas: ele e a polícia.

Eduardo F. disse...

Os traficantes são os grandes defensores da promoção da proibição do seu próprio tráfico. A proibição do comércio das armas encaixa no mesmíssimo axioma.