junho 20, 2012

O que faz falta ... é confundir a malta

Gosto do que o Mr X escreve: inspira-me e consegue resumir as idiossincrasias desta sociedade profundamente doente. Aqui vai um pedaço: o resto está lá.

O que significa? Significa que somos constantemente bombardeados com mensagens contraditórias. Obesidade é ruim, mas os gordos têm direito a não serem discriminados. Casamento é ultrapassado e o negócio é apenas coabitar ou ser mãe solteira, mas os gays precisam absolutamente casar e adoptar crianças. Raças não existem, mas viva a raça negra e a raça indígena. Todos são iguais, mas precisamos dar uma força extra às minorias. A colonização da Europa e América por muçulmanos, africanos e indígenas é uma coisa boa, mas a colonização da América e da África por europeus foi um genocídio horrível. 

Aparvalhado com tantas mensagens contraditórias, o sujeito perde completamente a capacidade de raciocinar. Vira um completo imbecil.

...
No sistema progressista, o engano é estimulado, então quem perde é quem é honesto e leal. Se você é um imigrante ilegal ou um refugiado que inventou histórias falsas de perseguição, é protegido e recebe regalias. Porém, imigrar dentro da lei, para os EUA ou Europa, é bem mais difícil. Se você finge ter antepassados indígenas para se beneficiar com a ação afirmativa, tudo bem. Se você só quer distribuir a riqueza dos outros, é ajudado, mas se você quer produzir riqueza, é penalizado. Jovem de 14 anos não pode trabalhar, porém, pode assaltar, matar e estuprar sem medo de cadeia.  

2 comentários:

Eduardo Freitas disse...

Muito a propósito deste tema, li há dias um excelente texto que deixo como sugestão: http://lfb.org/blog/give-me-doubleplusgood-or-give-me-death/

FireHead disse...

Mais palavras para quê? ;)