junho 26, 2015

Um toque feminino

- Não consigo que as galinhas ponham o ovo fora do galinheiro!
- Não? (pergunta ela)
- Não. Até lhes fiz um ninho com palha novinha
- Deixa que eu vou fazer um ninho como faria se fosse para mim

E lá foi! Ajeitou, ajeitou, abriu um buraquinho ... apanhou uma galinha e meteu-a lá. A galinha tentou fugir mas não lhe deu hipótese ... carregou-lhe no costado para a convencer. A pobre lá conseguiu fugir ... amanhã veremos se esta lição de cidadania resultou.

Ah .. entretanto já tinha morrido a Clotilde ... de velhice, penso eu. A esta hora já lhe calharam uns quarenta galos. Resta, além das 4 mais jovens, a Leonilde que levanta frequentemente uma das patas cheia de verrugas ... devem ser dores de artrose.

1 comentário:

FireHead disse...

Acho que já está demasiada velha até para o caldo.