março 03, 2009

Ecologia de brincadeira


A Quercus tem um tempito de TV que quase não dá para dizer qualquer coisa de útil. Mas quando faltam as ideias e o bom senso mais valia prescindirem destes poucos minutos.

- Um destes tempos de antena falou de carteiras de Sra com painéis fotovoltaicos que serviriam para carregar o telemóvel e não sei que mais. Não poderiam antes falar de como carregar as pilhas de forma racional (ligar o carregador à noite quando por perto para o desligar, ter o telemóvel a uma temperatura adequada, retirar o carregador da tomada) , como evitar a descarga rápida da bateria, aconselhar a desligar o telemóvel durante a noite, etc. É que o fabrico de um painel fotovoltaico exige a energia que este produz durante 4 a 5 anos com máxima exposição e não estou a ver uma Sra com a carteira ao Sol e ainda por cima a mesma durante 5 anos ou mais. Em suma: energia e recursos desperdiçados.

- Outro tempito aconselhou a lavar o carro nas oficinas de lavagem pois há pessoas que gastam 500litros de água a fazê-lo em casa. E que tal ensinar a usar um balde, um pano e umas ferramentas simples: gastam-se menos que 50 litros, poupa-se na energia dos equipamentos de lavagem, talvez na gasolina para levar o popó e faz-se algum exercício (é parecido com a natação). Com alguma desta água ainda se podem regar algumas plantas, quiçá a árvore do jardim que nunca vê o funcionário da Câmara.

A ecologia tem que se basear em atitudes esclarecidas e não superficiais.

1 comentário:

Margarida Pereira disse...

Começar por qualquer lado não é melhor do que nada? (pergunto, na minha absoluta ignorância de tanta coisa)