setembro 06, 2017

Dobrar a bandeira

O Tribunal de Justiça da União Europeia (UE) deliberou esta quarta-feira que a Eslováquia e Hungria não podem rejeitar a recolocação de requerentes de asilo.


2 comentários:

Ricardo Amaral disse...

Mais um "pardieiro" de agentes ao serviço do totalitarismo(em construção)da UE,o "bonito" nome da tribunal de "justiça" é para enganar parolos.

Lura do Grilo disse...

É uma URSS disfarçada