outubro 17, 2018

"Personalidades" ajudam a decidir por Bolsonaro

É costume aparecerem "personalidades": as mesmas que nunca aparecem quando os factos esmagam. Quantas personalidades apareceram a condenar o regime chavista, o regime nicaraguense, o regime cubano? Pode-se morrer de fome, de pancada, de doença ... pode a tortura, a intimidação, a corrupção, a destruição das instituições democráticas acontecer que as "personalidades" não se mexem... ficam quietas, caladas e escondidas.

As "personalidades" julgam-se detentoras de poderes especiais transmitidos e amplificados pela SIC e outros papagaios nos média.

As "personalidades" do comunismo mais rançoso Loução, Carvalho da Silva, o travestido e cómico Freitas do Amaral e a gold digger Pilar (da fundação dos saramagos) reuniram-se por causa do Bolsonaro. Sabemos o que os move e os brasileiros que pensam, e ainda com mais esta firme motivação, farão o contrário do que as "personalidades" querem.

2 comentários:

Da Serra disse...

Curiosamente, contra o Maduro ninguém protesta...
Filhos da puta!

Hélio disse...


Esses filhos da puta todos nós conhecemos.

Os outros, aqueles que são realmente perigosos são os anónimos que limitam-se a votar à esquerda, esses são uns grandecíssimos filhos da puta.