janeiro 28, 2014

As pombas brancas do papa Francisco

O papa Francisco, apenas umas horas depois de declarações enormemente tolerantes para a ideologia islâmica, lançou da janela do Vaticano duas pombas brancas. As desgraçadas foram imediatamente atacadas: uma por uma gaivota e outra por um corvo. Não se sabe se sobreviveram.

Era o que aconteceria a Israel se baixasse as armas ou nos poderá acontecer a nós se a Europa seguir este caminho de "multiculturalismo" forçado e cruel.



1 comentário:

FireHead disse...

Parece que a Natureza está a querer mostrar ou relembrar à Sua Santidade a verdadeira natureza das coisas: a natureza do Cristianismo não é dialogar com os infiéis mas sim convertê-los ao Cristianismo e, para isso, é necessário combater os infiéis, como os muçulmanos, tal como fizeram os valentes cavaleiros cruzados que protegeram no passado a superior civilização ocidental das cimitarras dos muçulmanos invasores.