agosto 30, 2015

Indignação selectiva

O "drama" de pessoas "migrantes" que morreram em camiões, afogadas no mediterrâneo ou caminhando umas dezenas de km indignam o mundo. Contudo a decapitação de dezenas cristãos, cujo sangue se derramou no mediterrâneo e de muitos outros executados pelos que agora atravessam este mar, não indignou ninguém.

3 comentários:

Afonso de Portugal disse...

Enquanto as pessoas não estiverem dispostas a eleger alguém que queira mesmo combater o fenómeno do Islamismo, estes casos continuarão a multiplicar-se!

FireHead disse...

E depois não deixa de ser engraçado eu ler comentários num blogue amigo, Observador, de gente a dizer, acerca do facto da Frente Nacional ganhar as eleições em França se elas se realizassem agora, que é "mau", é "assustador", é "grave", etc., como se o facto do nacionalismo estar a crescer nada ter a ver com a porcaria que tem vindo a ser feita por incompetentes eleitos. A democracia realmente só é bonita quando convém.

José J. disse...

Não vão para a Arábia Saudita ou para os Emirados do Golfo. E cá, mal chegam, desatam logo a roubar, estuprar, assaltar, etc.. E a exigir, sempre a exigir. A comidinha tem que ser halal. O hotel tem que ser de umas quantas estrelas.

Com eles vêm terroristas notórios, identificados. A malta dos jornais deve estar a receber uma nota preta para encobrir isto...

J.J.