novembro 29, 2015

Amar a desordem

A RTP-1 cobriu com desvelo e emoção as acções de um bando de desordeiros que, em nome dos embustes do Clima, Aquecimento Global, Alterações Climáticas, etc, lança garrafas, pedras, sapatos e todo o tipo de porcaria contra a Polícia. Foram muitos minutos a assistir aos avanços e recuos da Polícia contra uma horda de mascarados de preto que sempre acabam por desaparecer sem pagarem prejuízos, serem presos, serem julgados e cumprirem pena.

Depois ainda nos divertem. "a cimeira onde estão Putin, Obama e" ......."Costa".

1 comentário:

Oliveira da Figueira disse...

Foi patético. Um bando de marginais a atacar a Polícia sem qualquer motivo, e um batalhão de jornalistas que fotografavam dois idiotas que se contorciam no chão, fazendo-se passar por vítimas da "brutalidade policial". Enquanto isso, cidadãos decentes estavam sem protecção contra o terrorismo.

Em Lisboa, uma carrada de hippies "solidarizava-se" com as vítimas da "barbárie policial" em França, e o líder do PAN vociferava que "apesar de serem condenáveis os ataques terroristas de 13 de Novembro", o dispositivo policial vigente em França não se justifica.

Nem parecia convicto na condenação ao ataque terrorista que ceifou 130 vidas, nem deve fazer a mínima ideia da magnitude da ameaça terrorista em França e na Europa. Ou sabe e gosta.