novembro 26, 2015

O monstro e o belo

Do lado esquerdo uma bisarma jihadista capaz de aguentar o coice de armas de grande calibre para matar os infiéis.

Do lado direito um pobre refugiado com problemas de obesidade, acossado e sem futuro com uma criança (ai que comovente) procurando uma vida melhor em terra de infiéis e fugindo da guerra e do horror.

2 comentários:

José J. disse...

A Marisa Matias mal pode esperar pelo momento de meter o pescoço no cepo. Há taras assim...

P.S. - Hiperligámos.

FireHead disse...

Vá lá, não sejamos mauzinhos. É agora que temos que apelar às nossas sensibilidades cristãs e acreditarmos que todas as pessoas merecem uma segunda chance...