fevereiro 14, 2015

Floribela leaks

De vez em quando aparecem ídolos: ora para a pequenada (como a Floribela), o Justin Bieber para os mais cresciditos, a Violeta, etc.

Os restantes deliram com Julien Assange e mais recentemente Hervé Falciani. Escusado será dizer que os leaks afectam os EUA, os banqueiros e outros alimentadores do ódio esquerdista. Sobre Julien Assange está tudo dito. Agora o Hervé é que parece ter passado incólume a uma análise de personalidade: foi guindado a herói e um herói é impoluto e santo desde que sirva apenas e só determinadas causas. E ele já ingressou nas causas do Podemos: pois veremos que está com quem é parecido.

Já em 2008 o Sr Hervé tinha sido preso por roubar dados confidenciais. Foi interrogado e não foi parar aos calabouços pois prometeu colaborar com a polícia. Não cumpriu e fugiu para França com a mulher e filho. 
Antes, em Fevereiro de 2008, o mesmo Hergé tinha ido com a amante (um atestado de calibre moral de grande valor) e funcionária também do HSBC ao Líbano para vender dados roubados ao banco sem sucesso. A amante confirmou que o objectivo dele no banco era roubar informação e com algum dinheiro assim obtido financiou o divórcio.

Portanto estes heróis são eles próprios uns vigaristas que não se distinguem muito de quem denunciam: apenas encontram um terreno fértil a delírios.


1 comentário:

I. B. disse...

É rapaziada que ainda não passou a fase do quarto cheio de posters para chatear os pais.

I.B.