fevereiro 26, 2015

Jihady John

... o magarefe de serviço do EI é afinal um pobre rapazinho (diz a TVI) com um curso de baixo calibre em informática ou seja sem oportunidades nem futuro. Nasceu numa desgraçada família desfavorecida da classe média e completamente desintegrada da sociedade inglesa tendo crescido numa típica casinha de tijolo vermelho na decrépita e pobre Londres.

O moço era um anjo até que, segundo um especialista inglês de barba farta com uma nódoa negra no meio da testa, o MI5 e os serviços secretos ingleses o levaram à radicalização. Percebo: no outro dia um polícia olhou para dentro da minha viatura a tentar ver se levava o cinto apertado o que me causou um desejo enorme de rebentar com a esquadra mais próxima. Faltam-me apenas as competências.

Afinal não foi ele o culpado de as pessoas que foi matando terem pescoço.

2 comentários:

Anónimo disse...

Um rapazinho?
Uma criança! Tem só 27 anos e estudou em Londres.
Espero que lhe seja atribuída a medalha Boaventura Sousa Santos.

FireHead disse...

Sinal de uma excelente integração.